in

Débora Bloch era a primeira opção da Rede Globo para viver Maria Bruaca no remake de Pantanal

A atriz não pôde aceitar o papel, devido a outros compromissos profissionais já assumidos

RD1

Desde que o remake de Pantanal estreou na Rede Globo, ocupando o horário das 21 horas, Maria Bruaca tornou-se um dos personagens preferidos dos milhões de telespectadores, que acompanham assiduamente essa história original de Benedito Ruy Barbosa.

Publicidade

A atriz Isabel Teixeira, que se tornou conhecida nacionalmente e vem colecionando elogios por estar vivendo esse papel, enfrentou o sério risco de ficar fora do elenco da trama. Para interpretar Maria Bruaca, a primeira opção da Rede Globo era Débora Bloch. A atriz chegou a receber o convite, as negociações tiveram início, mas não seguiram adiante.

A atriz teria negado por estar envolvida com outros compromissos profissionais, assumidos anteriormente, e não teria condições para dar conta de mais esse trabalho. Diante disso, o papel ficou com Isabel Teixeira.

Publicidade

Vale lembrar que, quando Pantanal foi exibida pela extinta Rede Manchete, em 1990, Maria Bruaca teve a atriz Ângela Leal como intérprete. Débora, que recentemente teve um personagem de destaque na segunda temporada da série Segundas Intenções, poderá estar no elenco da nova novela das 18 horas, que tem o título provisório de Mar do Sertão.

Publicidade

Aos 59 anos, Débora Bloch é filha do ator Jonas Bloch. Ela estreou na Rede Globo no início dos anos 90, em Jogo da Vida, e permaneceu na emissora, participando de importantes novelas, séries, seriados, minisséries e especiais.

Publicidade

Em 1994, Débora também teve uma breve passagem pelo SBT, onde foi uma das protagonistas do remake de As Pupilas do Senhor Reitor.

Publicidade