in

Fátima Bernardes abre o jogo e expõe medo que alguns globais tinham de participar do Encontro

Programa matinal estreou na grade de programação da TV Globo em julho de 2012.

TV Globo

Fátima Bernardes se prepara para se despedir do Encontro. Neste mês de junho, o programa matinal da Globo completa 10 anos no ar. Na edição desta quarta-feira (1º), Fátima recebeu Angélica no palco da atração e também falou sobre o início do Encontro.

Publicidade

Fátima abriu o jogo sobre o medo que alguns tinham de serem convidados para o Encontro. O programa estreou em junho de 2012, seis meses depois de Fátima Bernardes ter deixado o comando do Jornal Nacional. Ela apresentava o JN ao lado do então marido, William Bonner.

No Encontro, programa exibido nas manhãs da Globo, o tema seria mais ameno, mas artistas ficavam com medo de participar e ser perguntados sobre temas espinhosos. “Muitos atores ficavam com medo e como eu vinha do jornalismo e tinha a Guerra da Síria, eles perguntavam: ‘não vai me perguntar de Síria não, né?'”, contou Fátima. 

Publicidade

Encontro seguirá sem Fátima Bernardes

Fátima contou também que houve preparação para a primeira edição do Encontro, mas que os programas seguintes tiveram que contar com adaptações porque não rolou muita preparação. Depois de 10 anos, Fátima deixará o matinal e vai comandar o talent show The Voice Brasil.

Publicidade

Para o lugar dela no Encontro, a Globo escalou Manoel Soares e Patrícia Poeta. Curiosamente, Patrícia Poeta foi a jornalista que substituiu Fátima no comando do Jornal Nacional, em 2011. Patrícia também comandava o Encontro esporadicamente.

Publicidade

Atualmente, ele está no É de Casa, exibido aos sábados. A Globo promoveu grande dança de cadeiras, que começou com a saída de Tiago Leifert no fim do ano passado.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!