in

Power Couple 6: RecordTV desmente versão contada por Rogério sobre provocação de Cartolouco

A emissora disse que a justificativa do empresário para ele ter desistido do reality não procede.

Record

A RecordTV se posicionou a respeito da versão que Rogério Silva havia dado como justificativa por ele e Claudia Baronesa terem desistido de continuar no elenco do Power Couple Brasil 6. Na ocasião, o pai de MC Gui havia dito que Lucas, conhecido como Cartolouco, usou a overdose do filho deles para fazer uma provocação, no entanto, a emissora desmentiu afirmando que os microfones e câmeras não captaram nenhuma fala relacionada a morte de Gustavo Castanheira.

Publicidade

Durante entrevista para o canal oficial do programa transmitida no Youtube, após a desistência do casal, o empresário disse: “Ele mexeu em uma ferida que jamais poderia ser mexida. Ele falou: ‘Seu filho se foi porque você é um agressor”. Gustavo faleceu em 2015, com 17 anos, depois de sofrer uma overdose de cocaína.

Ontem (29), no Domingo Espetacular, a emissora descartou a possibilidade de Cartolouco ter dito algo relacionado a morte do jovem para o pai dele. Inclusive, a assessoria do ex-Fazenda, já está tomando as providências legais em relação ao que foi dito por Rogério diante de todo Brasil.

Publicidade

No reality, Anne Duarte também contou o que viu no instante em que o empresário atirou um vaso de planta contra o quarto de Cartolouco. Segundo ela, depois que Gabi chamou o empresário de “bundão” pela terceira vez, ele surtou e foi até o quarto. A namorada de Pe Lanza contou que Cartolouco disse que Rogério era um agressor, e nesse momento ele saiu do eixo.

Publicidade

Segundo o site Notícias da TV, essa não foi a primeira vez que o pai do funkeiro aumentou a história envolvendo a família. Quando a segunda D.R. dessa edição estava sendo formada, Rogério e Claudia tiveram uma discussão com Mussunzinho e Karol, em que o ator disse estar grato por não ser filho dele.

Publicidade

Depois, quando foi contar sua versão da história, o pai de Gui inverteu dizendo: “Eu falei sobre aquele filme, A Menina Que Matou os Pais (2021), porque eles me chamavam de pai. Ele virou e falou assim: ‘Quem matou você foi seu filho'”, contou ele.

Publicidade