in

Ana Paula Renault desabafa sobre ataques e diz sofrer ameaças desde que saiu do SBT

A apresentadora bateu um papo com o Splash e fez questão de esclarecer boatos envolvendo seu nome.

Reprodução/Globo

Na quinta-feira (26), Ana Paula Renault usou as redes sociais para desabafar. Por meio de vídeos divulgados em seu perfil no Instagram, a apresentadora contou tudo o que vêm acontecendo em sua vida desde novembro do ano passado, quando deixou de ser funcionária do SBT. Atualmente, a ex-BBB enfrenta uma ação judicial contra o comunicador Sikêra Jr. e, inclusive, vem sendo vítima de ataques de grupos apoiadores de Jair Bolsonaro (PL).

Publicidade

A jornalista afirmou estar sendo vítima até mesmo de ameaças de morte, ressaltando já ter se deparado com montagens de seu rosto com um tiro na testa. E mais, Ana Paula Renault ainda aproveita para acusar a extrema-direita de tentar destruir a reputação de todos que são contra o governo Bolsonaro.

O vídeo de desabafo compartilhado pela jornalista faz parte de uma conversa que ela teve com o portal de notícias Splash, na qual ela chegou a defender que a sua saída do SBT teria motivação política. Além disso, ela ainda esclareceu alguns dos boatos envolvendo o seu nome desde que foi demitida da emissora de Silvio Santos.

Publicidade

A ex-BBB destacou terem saído vários boatos de que ela teria batido na apresentadora Flor e até arrumado confusão com toda a equipe do Fofocalizando, programa que apresentava na emissora. Segundo Ana Paula, inventaram isso para que ela não conseguisse outro emprego, já que teriam se dado conta de que ela era um perigo.

Publicidade

E mais, a artista afirma ainda ter se tornado alvo dentro da emissora de Silvio Santos desde o dia 7 de setembro, quando foi a responsável por cobrir as manifestações bolsonaristas, e aproveitou para falar abertamente tudo o que pensava sobre o ato político.

Publicidade

Publicidade