in

Renuvion ou Bodytite? Entenda as diferenças entre os procedimentos contra a flacidez com o Dr. Marco Polo Rios

Técnicas se destacam por utilizar equipamentos tecnológicos pouco invasivos.

Reprodução/Instagram

A gordura sobressalente e a flacidez podem estar com os dias contados – ao menos para quem está disposto a se submeter a procedimentos inovadores no campo da estética.

Publicidade

Já estabelecidos no exterior, sobretudos nos mercados norte-americano e europeu, o Renuvion e o Bodytite são técnicas pouco invasivas que prometem, além de reduzir a gordura corporal, eliminar a flacidez, um dos maiores desafios no que diz respeito ao tratamento de qualquer região do corpo.

De todo modo, cada procedimento tem a sua particularidade. “Apesar de estarmos falando sobre tecnologias que tem a mesma finalidade, retração da pele e estímulo de colágeno, o Renuvion e o Bodytite trabalham através de meios diferentes”, pontua o cirurgião plástico Marco Polo Rios, referência em contorno corporal e facial.

Publicidade

Entenda, a seguir, como funciona cada técnica, de acordo com as explicações do especialista.

Publicidade

Renuvion

O Renuvion, na prática, é um aparelho em forma de pistola. O procedimento é realizado por meio da introdução de uma cânula sob a pele. Para isso, é preciso fazer um corte semelhante ao de uma lipoaspiração na região que se pretende tratar a flacidez.

Publicidade

Ao misturar gás hélio com radiofrequência, o aparelho expele uma espécie de jato de plasma sob a derme. A retração da pele é imediata. Também há feitos posteriores, que levam de seis a nove meses para aparecer, os quais estimulam o colágeno na região tratada.

“O Renuvion é indicado para tratar a flacidez no abdômen, nos braços, na parte interna da coxa e nas costas, além da papada sob o queixo”, diz Rios. “A técnica pode ser utilizada, em alguns casos, como alternativa à lipoaspiração. De todo modo, é preciso receber uma anestesia geral”, complementa o cirurgião plástico.

Bodytite

Também realizado por meio de um equipamento, o Bodytite se notabiliza por ser uma técnica capaz de eliminar a gordura e combater a flacidez tanto no corpo como no rosto.

Sem a necessidade de cirurgia, o procedimento funciona por meio de um aparelho de controle de temperatura, que emite radiofrequência bipolar. O calor atinge diretamente a derme e a matriz subcutânea.

“Pequenos furos, de 2 a 3 milímetros, possibilitam eliminar a gordura localizada e diminuir a flacidez. É uma técnica segura e eficaz no que diz respeito à modelação do corpo e do rosto”, afirma Rios.

De todo modo, antes de decidir entre o Renuvion e o Bodytite, o cirurgião indica que o paciente seja avaliado por um profissional com experiência em procedimentos de contorno corporal.

“As duas ferramentas são muitos seguras e eficazes. A observação do quadro individual de cada paciente é o que apontará a mais indicada”, salienta Ros.

Publicidade