in

MC Gui sofre derrota na Justiça e terá que pagar R$ 12 mil a motorista de aplicativo após acusá-lo de roubo, afirma colunista

O cantor foi condenado pela Justiça; juíza entendeu que o rapaz feriu a honra do profissional.

Instagram MC Gui

Segundo o site ‘Em off’, o cantor MC Gui estava respondendo na Justiça do Estado de São Paulo a um processo movido por um motorista de aplicativo. Na ação, Alef exige uma indenização por danos morais no valor de R$ 500 mil alegando que foi acusado publicamente há dois anos.

Publicidade

Na ocasião, o cantor disse que o profissional havia roubado suas malas, que tinha objetos para doação, e estavam no veículo. Na semana passada, saiu a primeira sentença, em que MC Gui teve sua primeira derrota.

A juíza entendeu que nas postagens feitas pelo cantor relatando sobre a situação, havia conteúdo ofensivo. Logo, ofendia diretamente a honra e a personalidade de Alef. Ainda conforme a magistrada, existiam outras maneiras de solucionar o caso, que não fosse necessária a exposição do motorista nas redes sociais de MC Gui. Sendo assim, o cantor foi condenado a pagar uma indenização no valor de R$12 mil pelos danos causados ao profissional.

Publicidade

O funkeiro se apresentou no processo, fazendo uma contestação, afirmando que não deveria ser réu na ação. Ele alega que só fez as publicações nas suas redes sociais com o intuito de localizar o paradeiro do motorista, que supostamente se apropriou da sua mala de roupas. Segundo Gui, o profissional e a mala só foram encontrados após as publicações feitas em seu perfil.

Publicidade

MC Gui ainda afirma que em nenhum momento ele cometeu qualquer ato de constrangimento ou humilhação que fosse capaz de causar danos ou prejuízos à honra ou à imagem do motorista. Assim, se nenhum dano tenha sido causado por ele, não tem justificativa para ser necessário pagar uma indenização.

Publicidade
Publicidade