in

Depois de Ana Maria interromper programa por erro grave de participante, homem se pronuncia: ‘fui agressor’

O participante do quadro Jogo de Panelas foi acusado de cometer racismo durante a exibição do Mais Você da última sexta-feira.

TV Globo / Reprodução: Noticias da TV

Na última sexta-feira (20), uma polêmica rondou a exibição do diário matinal Mais Você, exibido nas telas da Rede Globo e comandado pela eternizada apresentadora Ana Maria Braga. Na ocasião, a apresentadora acabou interrompendo a apresentação do quadro Jogo de Panelas, após uma atitude racista de um dos participantes da atração.

Publicidade

Durante um jantar preparado por Felipe, o participante Anderrupson acabou cometendo um black face, atitude em que um indivíduo branco pinta a pele de preto para se assemelhar a um negro.

Com a atitude de Anderrupson, Ana Maria interrompeu a exibição do quadro e convidou uma especialista no assunto para esclarecer o motivo do comportamento ser um problema. De acordo com Rosana, o comportamento foi muito utilizado, durante o século XIX, nos Estados Unidos, para desumanizar negros.

Publicidade

Declaração do participante

Publicidade

Após a polêmica, na manhã desta segunda-feira (23), Anderrupson pediu desculpas ao vivo pela sua atitude. Na ocasião, o participante declarou que errou sem conhecimento: “não sou a vítima, fui agressor, inconsciente, mas fui”, assumiu o participante.

Publicidade

Além disso, o homem se mostrou solidário às vítimas do racismo e defendeu que a atitude deve ser combatida de forma intolerante. Anderrupson aproveitou, ainda, para ressaltar a necessidade de que as pessoas jamais aceitem a ocorrência de práticas racistas, dentro ou fora de suas casas.

O participante também utilizou a sua rede social do Instagram para publicar um vídeo em que fala sobre a situação e se desculpa pela atitude.

Publicidade