in

Pantanal: Madeleine poderá ter um final diferente da primeira versão da novela e viver nas terras pantaneiras

O papel de Madeleine, Karina Teles, será diferente da primeira versão da novela.

Divulgação / TV Globo

Em Pantanal, novela de Bruno Luperi, foi gravado dois finais para o papel de Madeleine, Karine Teles. Provavelmente o desfecho da mãe de Jove será diferente da primeira versão da novela. As opções para a irmã de Irma, Camila Morgado, é viver ou vir a óbito. 

Publicidade

Na primeira versão da trama, gravada na década de 90, transmitida pela TV Manchete, Madeleine teve um final triste e sombrio. Contudo, para esta versão a assessoria está preparando uma segunda opção para o final da personagem.

Segundo a coluna Observatório da TV, uma das opções para a moça é que ela resista a um acidente aéreo e, com isso, se transformará em uma boiadeira e será protegida e zelada pelo Velho do Rio (Osmar Prado), vivendo um final feliz nas terras pantaneiras. Na primeira edição da trama, ela acabou falecendo.

Publicidade

Após a morte ou sumiço de Madeleine, o psicólogo, Gustavo (Caco Ciocler), se encantará por Nayara (Victoria Rossetti) e viverá um feliz para sempre. Desta forma, o personagem está na reta final da sua missão na trama.

Publicidade

Quanto ao desfecho da personagem Madeleine, este ainda está para ser aprovado pela assessoria. Caso seja autorizado, a volta da personagem ocorrerá no final da novela, ou seja, na primeira quinzena do mês de outubro.

Publicidade

A primeira versão da novela foi escrita por Benedito Ruy Barbosa e, agora está sendo adaptada por seu neto, Bruno Luperi. A trama foi ao ar dia 28 de março e conta com a direção de Walter Carvalho, Davi Alves, Beta Richard, Cristiano Marques e Noa Bressane. Já a parte artística é de Rogério Gomes. A parte de produção são de Luciana Monteiro e Andrea Kelly e José Luiz Villamarim cuida da direção de gênero. 

Publicidade