in

Delegado que interrogou Paulo Cupertino diz que ele acredita ter feito bem à filha: ‘Consciência tranquila’

O empresário foi preso pela Polícia Civil de São Paulo nesta sexta-feira (16).

G1 | Reprodução

Chegou ao fim nesta sexta-feira (16), a intensa busca pelo homem mais procurado pela Polícia de São Paulo. Paulo Cupertino, de 50 anos, foi detido na Zona Sul de São Paulo após ficar foragido por quase 3 anos. O empresário assassinou o ator Rafael Miguel, de 22 anos, e seus pais a tiros. Ele não aceitava o namoro entre o rapaz e a filha.

Publicidade

João Alcisio e Miriam Selma haviam ido até à residência de Isabela Tibcherani para tentar conversar com seu pai sobre o namoro entre os jovens. Porém, Rafael e os pais não tiveram chances, sendo alvejados por cerca de 13 disparos. Paulo Cupertino chegou à DHPP de São Paulo para ser interrogado em meio à imprensa.

De acordo com o site G1, o delegado-geral da Polícia Civil, Osvaldo Nico Gonçalves, contou alguns detalhes sobre a primeira conversa com Cupertino. Segundo ele, o empresário acredita ter feito bem à filha, afirmando que ela está mais feliz agora, do que à época em que namorou Rafael Miguel.

Publicidade

Contudo, Cupertino afirmou ser inocente e aguardará a Justiça. “Ele chegou a falar pra mim que está com a consciência tranquila porque a filha tava muito mais feliz agora do que antes“, declarou Nico Gonçalves. Isabela Tibcherani, filha do empresário, usou as redes sociais para se manifestar.

Publicidade

Ela afirmou que foi informada sobre a prisão do pai e revelou que está sentindo um mix de sentimentos. A jovem pediu espaço neste momento delicado e disse que não tem condições de se pronunciar no momento. Ela afirmou que qualquer informação deve ser buscada com seus advogados.

Publicidade
Publicidade