in

Justiça condena Luiz Bacci e Record TV por grave atitude contra mulher vítima de golpe financeiro, diz colunista

A Record e o jornalista foram condenados a pagar uma indenização para uma mulher por danos morais.

Record / Reprodução

O jornalista Luiz Bacci e a RecordTV foram condenados na Justiça por causa de declarações do apresentador do Cidade Alerta que teriam sido consideradas falsas, transmitidas a milhares de telespectadores que acompanham o programa diariamente. O valor da indenização fixado foi de R$ 10 mil, a ser pago a uma mulher alvo de uma reportagem exibida pelo canal no programa policial em março de 2021.

Publicidade

Segundo uma publicação do Colunista Rogério Gentile do site UOL, reproduzida em alguns sites de notícia como Portal Pop Mais, por exemplo, o Cidade Alerta virou alvo da denúncia após contar a história de uma mulher. Na reportagem, é explicado que ela estaria sendo chantageada por um ex-namorado, que exigiria dinheiro para não divulgar fotos suas.

Entretanto, após assistir ao material ao vivo, a mulher se surpreendeu e disse que não foi isso que relatou ao Cidade Alerta. A história estaria sendo contada e forma errada ao público, causando desinformação geral. A advogada da vítima disse, nos autos do processo, que Luiz Bacci não teve respeito com a entrevistada e que inventou que a mulher era vítima de chantagem por fotos íntimas. 

Publicidade

Luiz Bacci e Record TV são condenados a indenizar mulher por matéria considerada apelativa

A verdade, segundo a representante da entrevistada, é que ela era vítima de estelionato. Na versão descrita no processo, ela teria contado para a reportagem da Record que o seu ex-namorado fingiu ser policial e afirmava que ela devia à Receita Federal. Caso ela não pagasse uma suposta multa, seria presa. Por isso, deu dinheiro a ele. 

Publicidade

A Record TV teria se defendido, afirmando que os fatos reportados na matéria eram verídicos e que foram devidamente apurados. O conteúdo teria sido produzido após o relato da entrevistada e também de uma autoridade policial.

Publicidade

O juiz Henrique Villaverde discordou da defesa da Record TV, afirmando que o fato apresentado pelo jornal não consta nos documentos apresentados pela emissora. O magistrado ressaltou que a matéria foi apelativa, com fatos distorcidos da realidade. A Record TV  e Luiz Bacci ainda podem recorrer na Justiça. 

Publicidade

Escrito por Tadeu Goulart

Assuntos chocantes, novidades da televisão, famosos e política: tudo você encontra aqui.