in

Acidente de avião causa óbito de nome da Globo e detalhes são expostos por passageiro

12 pessoas necessitaram de atendimento médico após o trágico episódio, na quarta-feira.

Enfoco/TV Foco/Montagem

Na última quarta-feira (11/05), uma aeronave que transportava André Luiz Warwar, funcionário da área de tecnologia do Grupo Globo e diretor de filmes, sofreu um grave acidente. No episódio, o profissional teve graves ferimentos e não conseguiu resistir.

Publicidade

André tinha 53 anos e dirigiu o filme Crime da Gávea, de 2017. O acidente aconteceu em Boituva, interior de São Paulo. Além do funcionário da Globo, mais 15 pessoas estavam a bordo do avião, sendo uma delas o piloto.

O paraquedista Rafael Gonzales Alves, que estava no avião, disse que ouviu soar o alarme e o piloto falar que estavam em estado crítico. O homem ainda informou que a aeronave mostrou perda da potência e o comandante passou a descer planando com o veículo aéreo. Infelizmente, houve um problema com o trem de pouso e o avião tocou o solo três vezes.

Publicidade

O primeiro toque ao solo foi um pouco mais forte. O segundo foi mais tranquilo, tanto que a gente comemorou na aeronave: ‘Deu bom, vai ficar tudo bem’. Só que no terceiro toque tinha uma estrada vicinal e um talude. A roda do trem de pouso bateu nesse talude e fez uma alavanca com a aeronave“, explicou o paraquedista.

Publicidade

Bombeiros e policiais foram acionados e estiveram presentes no local para prestar a devida assistência às vítimas do acidente. Doze pessoas necessitaram de atendimento médico. Além de André, Wilson José Romão Júnior, que também era paraquedista, foi a segunda vítima fatal da tragédia.

Publicidade

O avião teria sofrido o acidente depois de ter contato com uma torre de alta tensão. Detalhes estão sendo apurados. A Globo ainda não se manifestou sobre a perda do profissional de filmes.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.