in

Acidente de avião tira a vida de grande nome da Globo; 16 pessoas estavam a bordo da aeronave

O trágico episódio aconteceu na última quarta-feira, e os primeiros detalhes foram expostos.

TV Foco/ Corpo de Bombeiros SP

Na última quarta-feira (11/05), uma aeronave caiu na cidade de Boituva, localizado no interior de São Paulo. O avião estava sendo usado para paraquedismo. Uma das vítimas da tragédia foi André Luiz Warwar, que era funcionário da área de tecnologia do Grupo Globo e diretor de filmes. O profissional não conseguiu resistir aos ferimentos do acidente.

Publicidade

No episódio, outras 12 pessoas precisaram de atendimento da equipe dos Bombeiros. Além de André, outra pessoa também perdeu a vida. A segunda vítima fatal foi Wilson José Romão Júnior, que tinha 38 anos. Ele era profissional de saltos e tinha bastante experiência na área, trabalhando também como instrutor de paraquedistas.

André, que tinha 53 anos, foi o cineasta do longa-metragem Crime da Gávea, exibido em 2017. Segundo informações dos bombeiros, o avião que estava com o diretor teria se chocado contra uma torre de alta tensão. Eram 16 estavam a bordo.

Publicidade

A aeronave, que era de pequeno porte, havia saído do Centro Nacional de Paraquedismo com as pessoas que realizariam saltos de paraquedas. As vítimas foram socorridas e encaminhadas para uma unidade de saúde local.

Publicidade

De acordo com informações de testemunhas, a aeronave teria tocado no chão três vezes antes de virar. “O primeiro toque ao solo foi um pouco mais forte. Por causa da desaceleração, a gente sentiu. O segundo foi mais tranquilo“, disse Rafael, um dos paraquedistas.

Publicidade

Rafael ainda declarou que eles chegaram a comemorar, acreditando que iria dar tudo certo com a aterrissagem. Foi nesse momento que a roda do trem de pouso bateu em um talude e fez uma alavanca com a aeronave, segundo o paraquedista.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.