in

Sertanejo Conrado está em UTI e respira com ajuda de aparelhos

Cantor fazia dupla com Aleksandro, falecido em acidente de ônibus, no último sábado (07/05)

Reprodução/Instagram

É considerado grave o estado de saúde de João Vitor Soares, o cantor Conrado, que fazia dupla com Aleksandro, que faleceu após acidente com ônibus, no último sábado (07/05), na rodovia Régis Bittencourt, próximo a Miracatu (SP). A informação é do jornal O Globo, publicada na tarde desta terça-feira (10/05).

Publicidade

Segundo a reportagem, Conrado chegou a passar por cirurgia, teve sangramentos e respira com ajuda de aparelhos. Ele está internado em uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Regional de Registro, no interior de São Paulo, e o quadro de saúde é considerado grave, porém estável, conforme o último boletim oficial divulgado no perfil da dupla no Instagram.

No comunicado, a assessoria informou que no mesmo hospital está o músico Júlio Cesar Bigoli Lopes. O estado dele é grave e se recupera em uma UTI e deve passar por novos exames, mas até o momento não houve a necessidade de uma nova cirurgia.

Publicidade

Publicidade

Segundo a reportagem do O Globo, nenhum dos 19 passageiros do ônibus que tombou na rodovia, usava o cinto de segurança e foram arremessados para fora do veículo. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um pneu estourou e o motorista perdeu o controle da direção e só parou no canteiro central da pista. Seis pessoas morreram, entre elas, o cantor Aleksandro.

Publicidade

O acidente aconteceu, quando o ônibus da dupla deixou a cidade de Tijucas do Sul (PR), onde fizeram um show, na sexta-feira (6) e seguia para São Pedro (SP), onde fariam uma nova apresentação, que foi cancelada após a tragédia.

Recentemente, a assessoria da dupla emitiu uma nota oficial sobre as imagens de um vídeo gravado por um motorista na rodovia, mostrando o ônibus dos artistas, que estaria acima da velocidade permitida no trecho. No comunicado, a produtora informou que “que as imagens não condizem com o acidente” e que os fatos serão esclarecidos pela perícia “já que há uma série de informações contraditórias”.

Publicidade