in

Gabriel Sater fala sobre a emoção de protagonizar duelo musical com o pai Almir em Pantanal: ‘Especial’

O rapaz chegou recentemente ao pantanal e afirma ter um pacto com o diabo.

TV Globo

Sendo pai e filho na vida real, Almir e Gabriel Sater tiveram o privilégio de aparecerem em cena juntos pela primeira vez interpretando Eugênio e Trindade na novela Pantanal no capítulo que foi ao ar ontem (9) á noite na telinha da Globo. Os dois fizeram um duelo enquanto participavam de uma roda de viola na fazenda de José Leôncio. “Dividir as cenas com meu pai com certeza é um dos momentos mais especiais da novela”, disse o ator que interpreta o homem que salvou a vida do Velho do Rio.

Publicidade

Por meio de uma publicação no Instagram, Gabriel contou que está radiante por está representando um papel que um dia foi do veterano. Segundo ele, além de ser muito emocionante viver isso, também inclui muita responsabilidade. Na primeira versão da trama que foi ao ar em 1990, Almir interpretou Trindade.

Já na segunda versão do folhetim, Tibério convidou o forasteiro para participar de uma roda de viola na fazenda do pecuarista. O peão que diz ter pacto com o diabo, teve um duelo musical com o personagem de Almir, e os dois ainda trocaram vários olhares intensos. A cena entre os dois viralizou na internet e deixou os telespectadores emocionados.

Publicidade

Durante entrevista ao Gshow, Almir contou que ficou muito feliz quando soube que Gabriel iria ser o Trindade no remake. O autor Bruno Luperi decidiu criar alguns enfrentamentos musicais entre os atores.

Publicidade

O veterano ainda disse que avisou desde o início que não iria dar moleza para o herdeiro. Segundo ele, Gabriel toca muito bem, e começou a estudar viola há alguns anos, além de ser muito dedicado, logo, a experiência está sendo fantástica para ambos.

Publicidade
Publicidade