in

Motorista do ônibus da dupla Conrado e Aleksandro pode ser indiciado por homicídio culposo após tragédia

Um suposto vídeo do condutor em alta velocidade antes do acidente tem circulado na internet.

REPRODUÇÃO G1 / INSTAGRAM

O delegado responsável pela investigação da causa do acidente de trânsito que tirou a vida do cantor Aleksandro, dupla com Conrado, e outras cinco pessoas, contou durante entrevista ao site G1 que, caso seja constatado que o condutor do ônibus estava dirigindo em uma velocidade mais alta que a permitida, ele pode responder por homicídio culposo.

Publicidade

No final de semana, um suposto vídeo que teria sido gravado alguns instantes antes do ônibus que levava a equipe tombar, mostra que o veículo estaria em alta velocidade, e tem repercutido na internet desde então. Segundo informações do autor que fez a gravação, o ônibus estaria andando a 140km/h.

O delegado contou que o registro ainda está sendo analisado e que as autoridades continuam procurando pelo autor do vídeo. “Não tem a confirmação se o vídeo é do dia do acidente ou de outro dia. O autor do vídeo ainda não foi localizado para ser feita a oitiva com ele”, relatou.

Publicidade

Conforme o profissional, foi aberto um inquérito policial de homicídio culposo contra a pessoa que estava conduzindo o ônibus. Segundo ele, esse tipo de procedimento é realizado quando o acidente tem alguma vítima fatal. Ainda na reportagem, o delegado contou que caso seja comprovado que o condutor agiu de maneira imprudente, ele vai responder por esse tipo de crime.

Publicidade

Os sobreviventes da tragédia tiveram que prestar depoimento para a Polícia Civil e não relataram nada sobre a possível velocidade alta do veículo. Até então, as investigações indicam que um dos pneus estourou, e pode ter sido essa a causa do acidente, a perícia ainda não foi finalizada.

Publicidade

 

Publicidade