in

Famoso cantor sertanejo é procurado pela Justiça e tudo vem à tona

Com processo aberto desde 2018, o artista não foi encontrado desde a data.

Ecoporative / Reprodução

O nome do cantor Henrique, que faz dupla com Juliano, virou notícia nesta segunda-feira (09/05), por estar sendo procurado pela Justiça há quase quatro anos. De acordo com o site Em Off, do jornalista Erlan Bastos, Henrique é alvo de uma denúncia de agressão ocorrida no dia 24 de julho de 2018. 

Publicidade

A situação ocorreu na festa de aniversário de Marília Mendonça, outra grande cantora do estilo sertanejo, falecida em 2021 devido a um grave acidente aéreo. A acusação da agressão é de autoria de Thiago Martins da Silva, que trabalhava como técnico em aparelho de ar condicionado e também aquecedores. Para a polícia, Thiago disse que recebeu um soco na boca gratuitamente quando abriu a sua galeria de fotos. Logo depois, Henrique teria tentado enforcá-lo

“Me enforcou com muita força, deu soco na cara, passou a mão no meu rosto, me mostrou o sangue e me chamou de otário”, denunciou o profissional em julho de 2018.

Publicidade

No registro da ocorrência, Thiago contou que tudo aconteceu ao final da festa de Marília Mendonça, por volta das 6h da manhã daquele dia. Outras seis pessoas também teriam batido nele por, supostamente, pensarem que ele filmou o evento. 

Publicidade

Henrique, da dupla com Juliano, não aparece para se defender na Justiça

Henrique não apareceu na delegacia na época. De acordo com o Em Off, seus representantes alegaram que ele iria depois, pois teria a agenda de shows cheia. Quatro anos depois, o portal de notícias voltou a procurar a Justiça. Foi informado que existem dois processos contra Henrique, nas esferas penal e cível. Veja abaixo uma foto do cantor Henrique.

Publicidade

Na esfera penal, Henrique teria feito um acordo chamado de transação penal, pagando R$ 7.500 como pena. O processo foi encerrado. Contudo, na esfera cível ele nunca apareceu para se defender. O valor da ação é de R$ 50 mil. O site informou que obteve informações de que, por pelo menos três vezes, a Justiça procurou Henrique, mas ele não se manifestou em nenhum dos endereços. Em último caso, ele poderá ser condenado, concluindo-se que a história da vítima é real. 

O caso não ocorre em segredo de justiça. Ao ser procurada, a assessoria de imprensa da dupla ainda não respondeu.

Publicidade

Escrito por Tadeu Goulart

Assuntos chocantes, novidades da televisão, famosos e política: tudo você encontra aqui.