in

Primeira Juma de Pantanal, Cristiana Oliveira lança biografia: ‘É como se meu envelhecimento causasse repulsa’

A atriz e empresária fala sobre como as mulheres devem aceitar seu próprio corpo e ignorar as críticas.

Globo/ Gabriel Nascimento

Quando estimulada a falar qual seria seu novo personagem no remake de Pantanal, Cristiana Oliveira brincou: “Eu seria a Velha do Rio”. A trama exibida em 1990 fez com que a atriz ficasse conhecida nacionalmente quando interpretou a selvagem Juma Marruá. Alguns telespectadores queriam que a veterana fizesse pelo menos uma participação especial na produção após mais de trinta anos, o que não aconteceu.

Publicidade

Atualmente, Cristiana está com 58 anos, a atriz e empresária não sustenta as mesmas expectativas de antes. A maturidade tem feito muito bem a ela, e foi isso que a motivou a escrever uma biografia para abordar as inseguranças que ela já passou na vida e ainda revelar alguns bastidores da sua carreira profissional. Oliveira concedeu uma entrevista para o site Extra e falou sobre suas motivações para escrever o livro: Como o resgate da autoestima e o fim da busca por aceitação me tornaram mais forte e feliz aos quase 60 anos.

Segundo ela, começou a ficar motivada para escrever quando fez 50 anos, devido às cobranças das pessoas por ela está envelhecendo ficarem ainda mais forte. ”É como se o meu envelhecimento causasse raiva, repulsa nas pessoas. Canso de ler comentários assim e não me importo mais”.

Publicidade

Cristiana contou que só conseguiu parar de brigar com o espelho quando chegou na menopausa. Ela revelou que já pesou 110kg quando estava na adolescência e sofreu gordofobia na época. Depois, quando se tornou modelo e atriz as cobranças continuaram, até mesmo por parte de alguns diretores. Hoje, ela tem consciência que as críticas sempre vão existir e não se importa mais com isso.

Publicidade

Sobre uma possível participação no remake, ela contou que nunca criou expectativa para um convite, e se não aconteceu, não era pra ser. Ela declarou que está acompanhando o sucesso pelo Globoplay, além de estar muito orgulhosa da atuação de Alanis Guillen como Juma. 

Publicidade
Publicidade