in

Sobrevivente do acidente com equipe de Conrado e Aleksandro ouviu barulho de explosão antes do ônibus tombar

Polícia Rodoviária Federal (PRF) analisa pneu estourado como possível causa do acidente.

Reprodução/TV Tribuna

Durante entrevista à TV Tribuna, afiliada da Rede Globo, um membro do Corpo de Bombeiros responsável por atender as vítimas do acidente relatou o depoimento de um dos sobreviventes da tragédia.

Publicidade

“Ele revelou que estava ao lado do motorista. Durante o deslocamento, a pessoa ouviu um barulho bem forte, como se fosse uma explosão e, naquele momento, o ônibus perdeu o controle e tombou”, disse Rodrigo, capitão do Corpo de Bombeiros. Ainda segundo o relato, o motorista teria se levantado na tentativa de segurar o volante, mas não conseguiu evitar a tragédia que abalou o cenário sertanejo. Após o ocorrido, diversos famosos deixaram mensagens de solidariedade para os familiares e amigos das vítimas.

Segundo informações da autoridade, seis pessoas faleceram durante a tragédia; cinco delas estavam presas às ferragens do veículo. Apenas uma das vítimas foi localizada do lado de fora do ônibus e ainda não há informações se ela teria sido arremessada quando aconteceu o acidente.

Publicidade

Conforme o site G1, a Polícia Rodoviária Federal indicou que o acidente possa ter acontecido após um pneu estourar. Ainda na entrevista, um agente da corporação acrescentou que o motorista também pode ter perdido o controle do veículo, e assim foi direcionado ao canteiro central da rodovia, tombando em seguida.

Publicidade

Entre os seis mortos, está o cantor Aleksandro, as outras cinco vítimas não tiveram a identidade divulgada. Segundo apurações feitas pelo G1,  pelo menos 19 pessoas estavam no veículo. Outras 11 pessoas foram encaminhadas para os prontos-socorros próximo ao local, eles tiveram ferimentos leves. Após o acidente, uma faixa da pista e o canteiro central precisaram ser interditados para melhor averiguações.

Publicidade
Publicidade