in

Após mais de 20 anos no ar, GNT decreta o fim do Superbonita e Taís Araújo fica sem programa

Focada no mundo da beleza, a atração teve várias mulheres famosas como apresentadoras.

Todos os Negros do Mundo

Após 20 anos no ar, o GNT decretou o fim do Superbonita, programa que vinha sendo comandado por Taís Araújo. O canal pago alega que o motivo que levou a essa decisão foi a contenção de despesas, uma vez que a emissora resolveu investir em outras de suas produções.

Publicidade

Num formato original criado pela jornalista Sônia Biondo e o designer Jair de Souza, a atração sempre abordou, através de entrevistas com personalidades femininas, a qualidade de vida e assuntos referentes ao universo da beleza, como cortes de cabelo, maquiagem, acessórios, depilação e outros aspectos de interesse em relação ao assunto.

O Superbonita estreou em fevereiro de 2000 tendo Daniela Escobar como apresentadora até 2005. A partir daí, a atração foi assumida por Taís Araújo, que permaneceu até 2009 quando teve que sair para fazer a novela Viver a Vida, interpretando uma das Helenas do autor Manoel Carlos.

Publicidade

Alice Braga, Luana Piovani, Sandy, Claudia Leitte e Preta Gil também estiveram na função de apresentadoras do programa, que, em 2014, passou a ser comandado por Grazi Massafera, que teve Ivete Sangalo como sua substituta.

Publicidade

Karol Conká também esteve à frente do Superbonita até 2018.

Publicidade

Em agosto de 2019, foi a vez de Camila Pitanga ocupar o posto de apresentadora, onde ficou durante duas temporadas. E em 2020 houve o retorno de Taís Araújo, que além de ter sido jurada fixa do Masked Singer Brasil, também está em Cara e Coragem, a próxima novela das 19 horas da Rede Globo, onde viverá as personagens Clarice e Anita.

Publicidade