in

Jornalista da Globo que foi esfaqueado posta foto no hospital e detalhe do curativo não passa despercebido

Gabriel Luiz é jornalista da Globo que foi atacado a golpes de faca próximo a sua residência no Distrito Federal.

Reprodução/ Jornal de Brasília

O jornalista da TV Globo, Gabriel Luiz, foi vítima de uma tentativa de latrocínio no domingo de Páscoa. O profissional foi atacado e recebeu 10 golpes de faca, passou por uma série de cirurgias, ficou na UTI e, no momento, está se recuperando em um quarto do hospital, porém, segue sem previsão de alta.

Publicidade

A equipe médica que acompanha o seu caso o autorizou a caminhar pelos jardins do hospital em que está internado, no Lago Sul, em Brasília, Distrito Federal. Essa foi a primeira vez que o jornalista aparece na unidade hospitalar. Ele surgiu vestido com uma camiseta do Batman, seu super-herói preferido.

Gabriel Luiz aparece pela primeira vez no hospital

Em sua primeira postagem nas redes sociais no hospital, Gabriel Luiz aproveitou para agradecer a todos que o ajudaram, entre eles vizinhos, parentes, amigos, desconhecidos e equipes de saúde. Além deles, se mostrou grato a todos que estão na torcida por sua recuperação.

Publicidade

“Meu destino colocou pessoas de luz perto de mim: os vizinhos que me socorreram, os bombeiros que chegaram em minutos, e principalmente as equipes do Base e do Hospital Brasília, que me atenderam com precisão, experiência e sabedoria”, falou o profissional de jornalismo na postagem que você pode conferir integralmente abaixo, onde é possível notar o curativo na região do pescoço.

Publicidade

Publicidade

Caso de jornalista da Globo

Gabriel Luiz foi esfaqueado na noite de uma quinta-feira, 14 de abril, dentro de um estacionamento que fica próximo de sua casa, no Sudoeste do Distrito Federal. Os golpes atingiram a região do pescoço, tórax, perna, pulmão, estômago, diafragma e pâncreas. O pulso e o braço também foram feridos.

De acordo com investigações realizadas pela Polícia Civil, o autor do crime foi José Felipe Leite Tunholi, de 19 anos, além de um adolescente de 17 anos. Eles atacaram o profissional e levaram a carteira e o celular da vítima.

O adolescente se encontra em uma unidade de internação na capital federal. O maior está preso na Papuda, sendo acusado por tentativa de latrocínio e corrupção de menor, em uma denúncia expedida pelo Ministério Público do Distrito Federal, na última terça-feira (25).

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .