in

Cadê o dinheiro? Festa da equipe do BBB22 barra funcionários e cobra por água e comida

Festa tão aguardada pelos funcionários acabou gerando climão nos bastidores.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

A tão esperada e comentada festa da equipe que trabalhou nessa vigésima segunda edição do Big Brother Brasil parece não ter agrado alguns dos funcionários. A festa, que segundo o humorista Paulo Vieira contou com a doação de R$ 10 mil de Rafa Kalimann, foi aguardada por mais de dois anos, já que, por conta da pandemia, não houve despedida nos anos anteriores.

Publicidade

O problema é que nem todo mundo pôde comparecer na confraternização, que aconteceu na última quinta-feira (28/04), no bar Maguje, no Jardim Botânico, Zona Sul do Rio. Todo mundo da equipe, sejam os terceirizados ou os contratados da TV Globo, receberam um e-mail informando os detalhes do evento, pedindo para que os interessados dessem uma confirmação. Porém, ao confirmarem que gostariam de ir, os funcionários foram informados que nem todos poderiam estar presentes na confraternização.

Os terceirizados tiveram que passar por um sorteio e muita gente teve a sua confirmação negada. Teve funcionário que chegou a chorar por ser barrado na comemoração.

Publicidade

Fora isso, uma outra coisa acabou gerando um climão nos convidados. Por mais que o BBB22 tenha rendido mais de R$ 1 bilhão para a Globo e que tenha tido doações dos apresentadores, apenas o chopp foi liberado para quem conseguiu entrar na confraternização. Se a pessoa optasse por beber uma água, ela teria que pagar. Assim como qualquer comida, que também não estavam inclusas na festança.

Publicidade

Estiveram presentes os apresentadores Tadeu Schmidt, Bruno de Luca, Rafa Kalimann e Ana Clara. Paulo Vieira não pôde participar por motivos de trabalho.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com