in

Resumo Ouro Verde (17/09): Miguel tem seu cargo no banco ameaçado, mas se recusa a sair

Band

Em Ouro Verde, no capítulo de terça-feira, 17 de setembro, na Band, Miguel se recusa a deixar a presidência do banco.

Publicidade

Ainda neste capítulo, todos os trabalhadores saem correndo do prédio, após serem dispensados por Lemos, que segura apenas o designer gráfico do jornal. Não aceitando a decisão de Mônica em querer se divorciar, Miguel garante que ela terá que partir para o litigioso, pois não pretende deixá-la livre.

Após todo o prédio do jornal ser evacuado, Lemos e o designer, acompanhados de Gonçalo, são perseguidos por Otelo, porém, conseguem fugir de táxi. Posteriormente, durante uma reunião com seu pai e demais acionistas do banco, Miguel nega todas as acusações feitas contra ele.

Publicidade

Em Ouro Verde, Salvador surpreende Cláudia

Durante uma conversa que tem Hadja, Cláudia é aconselhada a lutar pelo amor de Salvador, grande paixão de sua vida. Posteriormente, Cláudia chega na casa do rapaz e se surpreende ao vê-lo colocando roupas em várias malas.

Publicidade

Salvador está se preparando para fazer uma grande viagem. Para que possa fazer a preparação do jornal e publica-lo sem ninguém tentar sabotá-los, Gonçalo, Lemos e o designer se escondem na casa de Lúcio.

Publicidade

Miguel recusa sugestão de José

Enquanto isso, José pressiona o filho para que ele não continue no cargo de presidente, renunciando, no entanto, Miguel alega que jamais desistirá de suas funções. Mais tarde, Miguel demite Amanda.

Vera, decidida a encontrar seu filho, vai atrás da assistente social, porém, durante a conversa que tem com a mulher, suas esperanças acabam sendo frustradas, pois ela se recusa ajudá-la, alegando que perdeu todos os direitos quando decidiu dar a criança em adoção.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.