in

Eliezer quebra protocolo, conta segredo sobre processo seletivo do BBB e leva grave punição

Em conversa com Arthur Aguiar sobre a atual edição do BBB, Eli acabou revelando etapas do processo de seleção do reality show.

Reprodução: rd1 / gshow - fotomontagem por Manuella

Na tarde da última segunda-feira (18), na casa do Big Brother Brasil 22, reality show da Rede Globo de Televisão, os participantes Eliezer e Arthur Aguiar refletiam, na área externa da casa, sobre a edição que está quase chegando a seu fim.

Publicidade

Na ocasião, os participantes criavam hipóteses sobre a repercussão da edição do lado de fora da casa e discutiam, ainda, sobre a composição do reality em seu vigésimo segundo ano de exibição: “Foi uma edição que não teve nenhuma mãe, mas teve quatro pais: eu, Scooby, DG e PA. Os quatro que ainda estão aqui. E nenhuma mãe. Foi uma edição muito diferente”, comentou Arthur.

Na sequência, após a reflexão de Arthur, Eliezer acabou falando demais, o que resultou em uma atitude da produção do programa.

Publicidade

Revelação de Eli

Publicidade

O designer revelou etapas de sua entrevista para entrar na casa mais vigiada do Brasil, processo que, geralmente, é sigiloso. De acordo com Eliezer, quando foi participar do processo seletivo, ele precisou responder como ele conviveria com uma pessoa transexual. Segundo o brother, a pergunta foi recorrente durante a seletiva, o que o fez imaginar que a edição contaria com pelo menos um participante trans.

Publicidade

Vale lembrar que um dos símbolos de representatividade do BBB 22 foi a cantora Linn da Quebrada, transexual que levantou a bandeira da diversidade em várias oportunidades na casa.

Punição

Após a revelação de Eliezer, a produção do programa não deixou barato e o alarme de “Atenção” tocou na casa. Na tela da televisão, a produção do programa informou que o designer havia perdido 50 estalecas: “Acho que não pode falar nada disso”, comentou Arthur.

Publicidade