in

Devido aos baixos índices de audiência, SBT pode tirar o Casos de Família do ar definitivamente

Atração comandada por Christina Rocha já chegou a ser o programa menos assistido da emissora.

RD1

O SBT continua enfrentando uma das mais sérias crises, em relação aos índices de audiência, que a maioria dos programas exibidos alcança há um longo tempo. Apesar de várias mudanças já realizadas, por enquanto não foi esboçada nenhuma reação, no que se refere à resolução desse problema.

Publicidade

A situação da emissora seria tão grave, que a alta direção teria chegado à conclusão de que não pode cometer mais erros na sua programação e nem manter no ar atrações que não consigam atingir índices de audiência considerados satisfatórios.

Em mais uma tentativa de reverter o atual quadro, alguns programas já estariam correndo o risco de saírem do ar e serem substituídos por outros. O Casos de Família seria um deles, pois, após a mudança de horário da sua exibição, que passou para às 14h20, a audiência despencou.

Publicidade

A audiência do Casos de Família teria se tornado motivo de grande preocupação por parte da direção do canal, pois o programa repleto de desavenças familiares, por várias vezes, foi o menos assistido da emissora. Já há quem garanta que, no caso de serem feitas outras mudanças na programação do SBT, o programa comandado por Christina Rocha corre o sério risco de sair definitivamente do ar.

Publicidade

O Casos de Família estreou em 2004 e, desde 2009, passou a ser apresentado por Christina Rocha, que faz questão de desmentir que seu programa não passa de uma grande armação. A apresentadora também afirma que o programa exige muito dela, pois deixa os estúdios bastante cansada e tem recorrido à terapia para ajudá-la.

Publicidade
Publicidade