in

Pantanal – ao receber visita de Jove, Juma o ameaça e coloca ele pra correr da tapera: ‘Não inventa de voltar’

A moça chegará a disparar dois tiros na direção do fotógrafo que foi até lá para vê-la.

JOÃO MIGUEL JR/TV GLOBO

Juma não ficará nada satisfeita quando receber a visita de Jove na sua simples residência na trama do horário nobre. Com uma espingarda nas mãos, a moça vai ameaçar o rapaz da cidade grande e colocará ele para correr em Pantanal: “Não inventa de voltar”, exigirá a herdeira de Maria Marruá.

Publicidade

No capítulo que será exibido hoje (18) á noite na telinha da Globo, o herdeiro de Madeleine vai ficar curioso ao ouvir sobre a lenda que as pessoas do bioma dizem sobre a personagem de Juliana Paes. O playboy questionará onde a mulher que se transforma em onça está agora.

“De bâxo de sete parmo de terra. Matâro ela na covardia… E, o mardito que fez isso num ficô vivo pra contá vantagem”, dirá Tibério para o rapaz. Interessado no assunto e duvidando do que escuta, o filho de José Leôncio debochará sobre a mulher. “O que ela fez com ele? Comeu?”.

Publicidade

O responsável por administrar a fazenda do pecuarista dirá que ele e Tadeu encontraram o homem próximo à beira do rio e levaram ele para a fazenda, mas o assassino fugiu e ninguém nunca mais ouviu falar sobre ele. “E enterrou junto dele a lenda da mulher que virava onça”, ironizará o protagonista.

Publicidade

Em seguida, o peão falará que a esposa de Gil deixou uma herdeira que reside na tapera, na companhia de Muda. Com a pulga atrás da orelha, o fotógrafo dirá que está disposto a ir até à casa de Juma na companhia de Tadeu para fazer algumas imagens da moça.

Publicidade

Porém, a dona da casa não será nada acolhedora com as visitas inesperadas, e vai aparecer segurando uma arma. Tadeu dirá que eles foram até o local em missão de paz. Jove questionará se aquela é a mulher que se transforma em onça, colocando a câmera no rosto dela.

A órfã vai disparar dois tiros contra os irmãos mandando eles irem embora. “É melhor ocêsnum inventá de vortá! O próximo que vié se atentánum vorta!”.

Publicidade