in

Segundo suspeito de esfaquear jornalista da Globo é apreendido no DF

Gabriel Luiz segue internado na capital federal, mas tem evoluído no quadro clínico.

Globoplay

A Polícia Civil do Distrito Federal efetuou na noite da última sexta-feira (15) a prisão do segundo suspeito de ter esfaqueado o jornalista Gabriel Luiz, da TV Globo. O homem, que não teve a identidade revelada, foi detino no Cruzeiro, região onde fica situada a 3ª Delegacia de Polícia.

Publicidade

Um pouco mais cedo, as autoridades fizeram a detenção de um adolescente, que também é suspeito de ter praticado a ação criminosa contra o profissional da imprensa de 29 anos. Gabriel foi ferido próximo ao prédio onde residia na capital federal e conseguiu fugir para pedir ajuda. Ele foi atingido com 10 golpes de faca, em órgãos vitais e correu sérios riscos de vida, por conta da intensa hemorragia.

O jovem foi detido após apresentar versões contraditórias acerca de ferimentos que teve no corpo. Segundo os investigadores, ele teria sido atingido pelo próprio comparsa no momento do crime, quando Gabriel tentava se desvencilhar da dupla de bandidos.

Publicidade

As autoridades ainda investigam as causas motivadores do crime, trabalhando com a possibilidade de tentativa de homicídio e latrocínio.

Publicidade

Evolução no quadro clínico

Transferido na tarde de ontem para uma unidade particular de Brasília, Gabriel Luiz tem tido uma significativa melhora nas últimas horas. De acordo com o pai da vítima, Wilton Luiz, o filho foi extubado nesta manhã de sábado (16) e já conversa com os familiares. 

Publicidade

“Ele está bastante consciente, lúcido, bem orientado. Interage bastante conosco. Nós estamos bastante confiantes”, disse o pai do jornalista. Gabriel Luiz já passou por alguns procedimentos cirúrgicos desde que foi alvo do ataque.

Publicidade