in

Mãe de jornalista atacado com golpes de faca fica sabendo do crime horas depois: ‘Em choque’

Profissional da imprensa foi transferido para uma unidade particular nesta tarde.

TV Globo

O atentado executado contra o jornalista Gabriel Luiz, da TV Globo, em Brasília, comoveu o Brasil nas últimas horas. O jovem de 29 anos se encontra internado em estado grave após ser atingido com 10 golpes de faca próximo ao prédio onde reside na capital do país.

Publicidade

Em contato com o UOL, a mãe de Gabriel Luiz, Cácia Attias, disse que tomou conhecimento do atentado somente na manhã de hoje (15), por intermédio do pai do jornalista. Residente no Canadá, a empresária estava no Rio Grande do Norte por conta da morte da mãe e revelou estar indo para Brasília de imediato.

“O pai dele me ligou cedo para comunicar do ocorrido. Estou doida para ver meu filho. Eu ainda estou em choque. Tentando entrar em voo para Brasília. Agradeço a todos que têm se manifestado em apoio e todo o carinho prestado ao meu filho querido”, disse Cácia. 

Publicidade

Veículos de renome

Formado na UnB (Universidade de Brasília), Gabriel acumula passagens por vários meios de imprensa conhecido. Além da TV Globo, seu atual emprego, ele já trabalhou para o jornal Correio Braziliense e portal Metrópoles.

Publicidade

Na universidade, Gabriel foi apelidado de “Bonner”, fazendo referência ao renomado comunicador da TV Globo, apresentador e editor-chefe do Jornal Nacional. O apelido veio pelo fato do jovem exaltar o jornalismo executado na emissora carioca. 

Publicidade

Através das redes sociais, amigos e companheiros de imprensa manifestaram apoio a Gabriel, manifestando torcida pela pronta recuperação. A Globo chegou a emitir uma nota repudiando o ataque contra o profissional e disse aguardar que o caso seja resolvido, com os responsáveis pelo crime pagando pela ação. 

Publicidade