in

Bárbara Evans desabafa sobre condição raríssima no parto que poderia ter sido fatal: ‘Muito perigoso’

A famosa está radiante com a chegada da primeira herdeira e falou sobre o susto que passou.

Reprodução Purepeople

A digital influencer e modelo Bárbara Evans sempre teve o sonho de ser mãe. Durante muito tempo, a famosa compartilhou com os seguidores as dificuldades que teve até conseguir segurar nos braços a sua primeira herdeira. Para quem não sabe, a jovem precisou fazer um tratamento para engravidar.

Publicidade

Foi um período tenso para a mamãe famosa, mas ela não desistiu e agora está feliz da vida com a pequena Ayla. A criança nasceu no último domingo, 3 de abril, através de uma cesariana. A bebezinha nasceu no Hospital da Criança e Maternidade, que fica localizado na cidade de São José do Rio Preto, interior do estado de São Paulo. Ela veio ao mundo quando a influenciadora completou 37 semanas gestacionais.

Ayla é fruto do casamento de Bárbara Evans com o empresário Gustavo Theodoro. A mamãe coruja já deixou a maternidade com a filhota. A menina estava com um lindo vestido de tricô vermelho e detalhes em creme. Aliás, a cor vermelha é escolhida por grande parte dos famosos. Isso não acontece apenas porque acham a cor bonita, mas existe uma crença popular que a cor é um símbolo de proteção e ajuda a afastar o mau-olhado.

Publicidade

“Hora de levar nosso maior presente para casa!! Felizes demais, com o coração transbordando. Um amor maior que o mundo. Minha família, amo muito vocês”, disse a mamãe famosa radiante ao compartilhar as lindas fotografias da família. Quem também está feliz da vida é Monique Evans, avó da pequena Ayla.

Publicidade

Bárbara Evans relata susto no parto

A modelo usou o seu perfil na rede social para revelar algo raro que ocorreu com a herdeira. No nascimento da criança, os médicos detectaram que tinha um nó no cordão umbilical. O problema é considerado raríssimo e ocorre em menos de 2% das gestações. A condição pode surgir devido à movimentação do bebê fazendo com que crie um nó apertado no cordão umbilical. “É muito perigoso. Realmente foi Deus e deu tudo certo”, desabafou a famosa.

Publicidade

Vale frisar a importância do cordão que é responsável pela troca de nutrientes e oxigênio. O nó pode fazer com que isso seja interrompido se tornando uma condição perigosa para o bebê, podendo até mesmo ser fatal em alguns casos.

Publicidade