in

Com salário de R$ 1,7 mil por mês, Jessi ganha R$ 100 mil no BBB22 e vai seguir conselho da mãe

Cabeleireira explicou que a filha queria ganhar uma grana para poder limpar o nome.

Rádio Jornal - Uol

Jessilane viu no BBB22 uma chance de mudar de vida. A sister deixou o trabalho de professora, em que tinha salário de R$ 1,7 mil por mês, para ingressar no reality show da TV Globo. Neste período, Jessi foi aprovada em concurso para ganhar salário melhor, mas perdeu a oportunidade por estar confinada no Big Brother Brasil.

Publicidade

Dentro da casa, a sister já falou algumas vezes sobre questões financeiras. Em uma prova que dava o valor de R$ 20 mil ao vencedor ela disse que o montante era muito dinheiro. No domingo (3), Jessilane foi premiada com R$ 100 mil em prova extra do líder.

Na prova de sorte, ela escolheu o envelope com o número seis, mas queria o sete porque é a data de aniversário da mãe. O seis era o número premiado. Jessi ganhou R$ 100 mil e ainda teve o direito de indicar uma pessoa direto ao paredão – colocou Arthur Aguiar.

Publicidade

Cleu Alves, mãe de Jessilane, afirmou que a filha queria muito ganhar um dinheiro ao participar do BBB22. “O que ela mais queria era ganhar um dinheiro para poder limpar o nome”, afirmou a cabeleireira em entrevista ao jornal O Globo.

Publicidade

Cleu ainda afirmou que a família é de classe média e que sempre tentou manter o nome limpo. “Se estou com ele limpo, está tudo certo. É assim que a gente pode manter nossas coisas”, disse a mulher. Dentro do BBB22, Jessilane não é apontada como favorita, mas vai se mantendo na casa mais vigiada do Brasil. Restam apenas nove participantes na disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão. A final do BBB22 acontece no próximo dia 26 de abril.

Publicidade

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!