in

Will Smith decide renunciar seu posto na Academia do Oscar: ‘estou de coração partido’

Ator afirma que ao agir daquela forma agressiva, traiu a confiança da Instituição.

YouTube / The Telegraph/ PrtScr M.R

A polêmica em torno de Will Smith e Chris Rock, que aconteceu durante a premiação do Oscar no último dia 27, ganhou mais um episódio. Após dar um tapa no rosto do comediante que fez uma piada com o visual de Jada Smith, que está careca devido a uma doença autoimune chamada alopecia, o protagonista da série Um Maluco no Pedaço optou por abdicar do seu posto na Academia de Artes de Hollywood. O comunicado sobre a sua decisão foi feito ontem (1°), “estou de coração partido”, disse o ator.

Publicidade

Ao anunciar a sua decisão, o vencedor da estatueta de melhor ator disse que já respondeu ao aviso de audiência disciplinar da Academia, e está disposto a aceitar qualquer decisão que a mesma venha tomar devido a sua conduta no evento.

Will informou que suas ações foram ”chocantes, dolorosas e imperdoáveis”. Segundo ele, a sua atitude agressiva não feriu apenas Chris, mas também a família do comediante, assim como os seus próprios familiares e entes queridos, além daqueles que estavam lá presentes e os telespectadores em casa.

Publicidade

Quando comunicou de forma oficial sobre a sua decisão, Will disse que traiu a confiança da Academia e ainda impediu que os demais indicados e vencedores tivessem a oportunidade de comemorar o trabalho que fizeram. 

Publicidade

“Estou me renunciando da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e aceitarei quaisquer outras consequências que o Conselho julgar apropriadas”, pontuou. Smith deixou claro que as mudanças não acontecem de repente, mas ele está disposto a se comprometer em fazer a sua parte para garantir que nunca mais a violência seja mais forte que a razão.

Publicidade
Publicidade