in

BBB22 – Arthur Aguiar não se conforma com punição do Monstro e desabafa: ‘Não tem cabimento’

Indignado, o ator reclamou do castigo e disse que nem pela liderança faria tanto ‘sacrifício’ assim.

GloboPlay

Na tarde desta sexta-feira (01/04), após ter ganhado o colar do Monstro de Jessilane, Arthur Aguiar desabafou, com Paulo André, que não estava aguentado o castigo e que poderia desistir a qualquer momento. Indignado, o ator relatou que nem pela liderança faria tanto “sacrifício” assim.

Publicidade

No entanto, se o cantor desistir e não finalizar o castigo do Monstro, ele perderá estalecas e ainda irá prejudicar os outros participantes, já que as compras feitas semanalmente na casa serão afetadas. Apesar do cansaço, o ator disse que iria dar o seu melhor para aguentar até o fim. “Eu não vou dar ‘migué’, eu não vou tipo, sair agora”, disse Arthur.

Para tentar encorajar o amigo, Gustavo, Douglas Silva e Pedro Scooby afirmaram que acreditam que o Monstro dessa semana terá uma duração menor por ser mais difícil.

Publicidade

Exausto por ficar em pé, Arthur sugeriu que Paulo André o abraçasse, para se apoiarem um no outro. Para ajudar o cantor, o ator Douglas Silva emprestou um chinelo macio para ele calçar e amenizar as dores. “Nossa, eu vou fácil assim”, disse o ex-Rebelde se apoiando no velocista.

Publicidade

Sonhando com o término da dinâmica, Arthur revelou que acha que pode ser uma “trolagem” do programa por ser 1° de abril. O brother afirmou que está com esperanças de que Tadeu Schmidt finalize ou reduza o castigo durante o ao vivo desta sexta-feira. 

Publicidade

Por fim, o marido de Maíra Cardi reclamou mais uma vez e disse que o Monstro Pirata foi um dos piores da edição. Arthur ainda afirmou que não estava psicologicamente preparado para enfrentar uma resistência no castigo. “Esse Monstro é o dobro dos outros, não tem cabimento”, desabafou o cantor.

Publicidade