in

Votação indica participante mais odiado do BBB22; público muda de opinião e tem novo pódio

Gustavo deixou a amarga liderança de mais odiado do reality da TV Globo.

REPRODUÇÃO TV GLOBO - MONTAGEM JEAN MARANGONI

O jogo nessa vigésima segunda edição do Big Brother Brasil promete ficar mais rápido a partir desta sexta-feira (01/04). Diferente das outras semanas, hoje a noite terá a formação de um novo paredão, que será decidido no domingo (03). Após a eliminação, os brothers participarão de uma nova Prova do Líder e já formarão mais um paredão. Ou seja, nos próximos quatro dias, dois participantes serão eliminados do programa.

Publicidade

Os brothers ainda não fazem ideia de que a dinâmica desta semana será assim. O apresentador Tadeu Schmidt irá pegar os confinados de surpresa durante o programa desta sexta-feira (01). Neste paredão, o líder Gustavo terá que escolher entre um dos dois brothers que ganharam o castigo do monstro: Arthur Aguiar e Paulo André. O líder terá direito a escolher mais um participante que irá para a berlinda e o terceiro emparedado será o mais votado pela casa. Não terá prova do Bate e Volta.

Enquete mostra quem é o mais odiado

O site UOL é famoso por fazer enquetes, entre os internautas, que condizem com o resultado dos paredões do reality. No entanto, o site também costuma perguntar quem é o favorito do público e o mais odiado do programa. Enquanto esteve confinada, Jade Picon liderava esse último quesito. Em sua eliminação, Jade passou o posto para Laís Caldas, que também saiu. Na semana passada, quem passou a ser o mais odiado da casa foi Gustavo, mas o brother parece ter mudado essa realidade.

Publicidade

Nesta sexta-feira, quem está liderando a enquete de rejeição do programa é a cantora Linn da Quebrada, com 31,08% dos votos. Em segundo lugar vem Natália, com 13,17%. O surfista Pedro Scooby completa esse amargo pódio com 13,09%.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com