in

Priscila diz que ‘nunca mais’ vai cantar música por causa de Bolsonaro e fãs apoiam: ‘Amaldiçoou a sua música’

A cantora afirmou no Twitter que nunca mais vai cantar Liberdade após a canção ter sido trilha sonora de um storie do político.

Divulgação/Extra

A cantora Priscilla Alcântara mandou uma indireta para o presidente da República Jair Bolsonaro (PL), por meio das redes sociais. Na última quinta-feira (30), ela afirmou que nunca mais vai cantar a música Liberdade, que foi lançada em 2018. “Nunca mais vou cantar Liberdade”, disparou Priscilla em seu Twitter.

Publicidade

A declaração da artista foi feita pouco tempo depois de a canção ter sido usada como trilha sonora em um dos stories de Bolsonaro no Instagram. No registro em questão, o político mostrou imagens de moradias sendo construídas pelo governo federal.

Publicidade

Por meio dos comentários, fãs de Alcântara que não tinham visto o storie do presidente, chegaram a questioná-la sobre o motivo de sua declaração, enquanto outros apoiaram a decisão da cantora. “Esse senhor amaldiçoou a sua música”, declarou um dos internautas que apoiaram Priscilla. Outro, afirmou que o presidente estragou uma das músicas mais bonitas da cantora. “Não se abale por esse lixo não”, disparou um terceiro.

Publicidade

Recentemente, Priscilla Alcântara se tornou assunto nas redes sociais e chegou, inclusive, a ser criticada por alguns evangélicos após ter participado do festival Lollapalooza Brasil ao lado de Gloria Groove. A performance aconteceu no último domingo (27).

Publicidade

Priscilla Alcântara também deu o que falar com suas declarações durante o podcast PodDelas. Na ocasião, ela revelou guardar “mágoa” do SBT pelo fato de a emissora não ter deixado ela tirar uma foto com os integrantes da banda RBD. Na época, mesmo sendo funcionária da emissora, ela não teve a oportunidade de se encontrar com os músicos, de quem ela era muito fã.

Publicidade