in

Família de Paulinha divulga laudo definitivo do que causou o óbito da cantora

A artista, de 43 anos, faleceu no último dia 23 de fevereiro em um hospital de Sergipe.

INSTAGRAM @PAULINHAABELHA

A morte da cantora Paula de Menezes Nascimento Leca Viana, mais conhecida popularmente como Paulinha Abelha, deixou o Brasil inteiro de luto. A artista, que tinha 43 anos, foi a óbito no último dia 23 de fevereiro após passar 11 dias internada em Sergipe, recebendo cuidados em uma clínica particular da cidade de Aracaju.

Publicidade

Paulinha chegou a ficar em coma de sofreu de problemas no cérebro, rins e fígado, de acordo com os médicos que acompanharam seu caso. Os laudos iniciais informaram que a cantora, que era uma das mais amadas do país, morreu de quatro causas, sendo elas: meningoencefalite, hipertensão craniana, insuficiência renal aguda e hepatite.

Após o falecimento da esposa, o influenciador e modelo Clevinho Santos, marido de Paulinha, contratou uma equipe médica para investigar exatamente o que teria levado a famosa à morte tão repentinamente, considerando que ela era saudável, segundo amigos.

Publicidade

Nesta quinta-feira (31/03), Wanderson dos Santos Nascimento, advogado de Clevinho e da banda Calcinha Preta, divulgou para a Quem o laudo definitivo em que constam os detalhes da morte da artista, que até então não haviam sido trazidos a público.

Publicidade

Óbito ocorreu devido a um processo infeccioso no Sistema Nervoso Central e não decorrente de Intoxicação Exógena medicamentosa“, informou o laudo médico, feito por Nelson Bruni Cabral de Freitas.

Publicidade

O documento ainda declarou que os problemas renais apresentados por Paulinha Abelha não tinham relação com os remédios que a cantora tomava para emagrecer. “Não existe nexo causal entre os medicamentos prescritos e o evento óbito“, afirmou o médico responsável pelo documento.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.