in

Jim Carrey detona Will Smith após tapa em Chris Rock no Oscar: ‘deveria ter sido preso’

O astro disparou várias críticas contra Will e disse que, se fosse com ele, teria processado o famoso.

Reprodução/Instagram

O astro Jim Carrey, que atualmente está com 70 anos, repudiou o comportamento de Will Smith tão repercutido na noite do Oscar. Will deu um tapa no rosto de Chris Rock após o comediante ter feito uma piada sobre sua esposa, Jada, estar sem cabelos na cabeça. A atriz tem uma doença autoimune chamada alopecia, que consiste na perda progressiva dos pelos do corpo.

Publicidade

Durante uma entrevista, Carrey foi questionado sobre qual é a sua opinião sobre o assunto, e respondeu: “enojado pela plateia o aplaudindo de pé”.

Ao citar o fato de Will ter sido premiado com o título de melhor ator, mesmo após o ocorrido, o artista declarou: ‘Hollywood não possui mais nenhum escrúpulo’‘. Segundo ele, naquele instante percebeu que ficou evidente que eles não são mais um ”clube legal”.

Publicidade

Na opinião de Jim, Smith ”deveria ter sido preso”’. Segundo informações, Chris optou por não iniciar um processo contra Will.

Publicidade

Jim continuou dizendo que, caso a vítima fosse ele, no dia seguinte teria comunicado sobre o processo contra Will, visto que aquele vídeo sempre vai existir e as pessoas jamais vão conseguir esquecer a cena inusitada. Para ele, já que Will não gostou da piada, deveria ter se manifestado da plateia onde estava ou ter ido ao Twitter se pronunciar, mas ele não tinha o direito de agir daquela maneira quando bateu no rosto de alguém publicamente só porque não gostou das palavras proferidas.

Publicidade

Carrey declarou, ainda, que o comportamento de Smith só enfatiza que tem algo muito frustrante acontecendo dentro dele e aquela atitude não foi nada paralela com a pessoa incrível que o artista é.

Publicidade