in

Will Smith fala pela primeira vez após agredir Chris Rock no Oscar 2022: ‘inaceitável e imperdoável’

O ator Will Smith usou as redes sociais para se desculpar pela agressão contra Chris Roch durante o Oscar 2022.

Reuters/Portal do Holanda/Montagem

A premiação do Oscar costuma ser esperada ansiosamente por telespectadores do mundo inteiro e em 2022 não foi diferente, só que o que ganhou as mídias foi a agressão do ator Will Smith contra o apresentador Chris Rock. 

Publicidade

Tudo começou após o apresentador fazer uma piada citando a esposa de Will e o fato dela estar com a cabeça raspada. O rapaz relacionou a aparência de Jada Pinkett Smith dizendo que mal esperava para vê-la estrear “G.I. Jane 2”. No primeiro filme, traduzido para “Até o limite da honra” no Brasil, Demi Moore raspou os cabelos para dar vida a uma tenente. Fato é que Jada está com os cabelos raspados por causa de uma doença: a alopecia, que causa queda dos fios.

Sem pensar duas vezes, Will Smith levantou da sua cadeira e na mesma hora deu um tapa na cara do apresentador, pegando-o de surpresa, e pediu para que o mesmo tirasse o nome de sua esposa da sua boca. Na mesma noite, Will ganhou a estatueta de melhor ator por “King Richard: criando campeãs”, onde pediu desculpas à academia e aos presentes, sem citar Chris Rock.

Publicidade

No começo desta noite, Will usou seu perfil para se desculpar pelas agressões. Ele disse que a violência, seja de que forma for, é venenosa e destrutiva: “Meu comportamento no Oscar de ontem à noite foi inaceitável e imperdoável.” Ele falou que está acostumado com piadas no seu ambiente de trabalho, mas que reagiu de forma emotiva ao ver a condição médica da sua esposa virar piada. 

Publicidade

https://www.instagram.com/p/CbqmaY1p7Pz/?utm_source=ig_web_copy_link

Publicidade

Ele se desculpou com Chris e disse que estava fora de linha e errado. Dizendo se sentir com vergonha, Will falou que sua atitude não condiz com o homem que quer ser e que não tem lugar para violências em um mundo de amor e bondade. O ator pediu perdão à Academia, aos produtores, telespectadores, à sua família e à família do filme, lamentando que sua atitude tenha estragado um momento que seria lindo para todos eles.

Publicidade