in

Lollapalooza toma decisão após baterista do Foo Fighters ser encontrado sem vida

Banda tinha uma turnê sul-americana a cumprir antes da morte do baterista Taylor Hawkins.

Capricho - Divulgação

A triste notícia da morte do baterista Taylor Hawkins, divulgada nesta sexta-feira (25), gerou forte comoção entre os fãs da banda Foo Fighters e dos amantes do rock. De acordo com informações da TV Globo, a organização do Lollapalooza cancelou a apresentação da banda, que estava programada para acontecer amanhã no festival. 

Publicidade

Taylor foi encontrado sem vida em um hotel na cidade de Bogotá, onde a banda se encontrava hospedada, e se apresentaria no país, onde a apresentação também foi cancelada após a notícia da morte ser anunciada. Todos os shows previstos para a turnê sul-americana da banda foram cancelados.

A causa do falecimento do artista, no entanto, não foi revelada. Em post nas redes sociais, o perfil da banda se limitou apenas a comunicar a partida do baterista. 

Publicidade

“A família Foo Fighters está devastada pela trágica e prematura perda de nosso amado Taylor Hawkins”, disse o Foo Fighters na publicação feita no Twitter. A banda ainda prestou uma homenagem ao músico, e pediu que privacidade no caso, para preservar os familiares que estão consternados pelo ocorrido. 

Publicidade

Trajetória 

Taylor Hawkins chegou no grupo Foo Fighters no ano de 1997, após ter tocado dois anos como baterista da cantora Alanis Morissette.

Publicidade

Na oportunidade, ele substituiu William Goldsmith, que deixou a função de baterista após se desentender com o vocalista Dave Grohl. Insatisfeito com a participação do músico na gravação do disco “The Colour and the Shape”, o dono da banda refez todas as partes em que o baterista participava, cenário este que foi determinante para o atrito entre os dois. 

Publicidade