in

BBB 22: Arthur confronta a produção e dummies precisam intervir para prosseguir com a Prova do Líder

Ator não gostou nada da decisão tomada pela produção, tentou se justificar e precisou ser retirado pelos dummies.

Globoplay

A prova que decidirá o décimo líder do Big Brother Brasil 22 está exigindo resistência por parte dos confinados e acabou fazendo com que um dos favoritos desta edição, Arthur Aguiar, fosse o segundo a perder a chance de se tornar o líder da semana.

Publicidade

Apesar de sair da disputa, sua eliminação não veio por desistência, mas sim por desclassificação. O fato acabou desagradando o brother, que não hesitou em mostrar sua indignação com a atitude da produção.

A prova consiste em ficar em pé em uma plataforma, agarrado a um batom gigante o máximo de tempo possível, tornando líder da casa o último a desistir. Porém, Arthur acabou quebrando uma das regras da prova e foi eliminado.

Publicidade

Após escorregar, o confinado teria apoiado o joelho na plataforma, chegando até mesmo a quase cair, porém conseguiu se manter no alto da estrutura. De início, pareceu que tudo seguiria normalmente, mas logo em seguida veio o aviso: “Atenção, Arthur. Eliminado. Apoiou o joelho sobre a plataforma”.

Publicidade

O brother então se indignou e retrucou, afirmando que apenas escorregou, se segurou e levantou. Jessilane entrou na conversa e reforçou a mensagem da produção. “Isso não pode, mesmo que escorregue”, disse a sister.

Publicidade

Arthur mesmo assim continuou descontente com a decisão e continuou retrucando. “É que, no caso, eu não apoiei”, explicou o ator, que insistiu em permanecer no local da prova e precisou ser retirado pelos dummies.

Nas redes sociais, internautas criticaram a insistência do ator e uma usuária chegou a relembrar até mesmo acusações feitas recentemente ao confinado. “Não gente, mas o Arthur mandando um ‘não foi isso que aconteceu, mas tudo bem’, pro dono do programa [risos]. O cara é viciado em gaslighting”, escreveu.

Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.