in

Mãe de Gustavo conta que o brother fez tratamento com hormônios para parar de crescer

Caso não tomasse os medicamentos, o curitibano poderia chegar a 2,15m.

Globoplay - Reprodução

Gustavo já comentou na casa mais vigiada do Brasil que quando era adolescente, usou alguns hormônios para parar de crescer. O curitibano alcançou 1,95m de altura e, quando decidiu fazer isso, o rapaz fazia parte de uma agência de modelos que o orientou a procurar um profissional para retardar seu crescimento.

Publicidade

A mãe do bacharel em Direito, Sandra Batista contou que o filho sempre cresceu muito rápido comparado aos colegas que tinham a mesma idade que ele, logo, ela levou o herdeiro no médico para averiguar a situação.

Ao fazer a projeção, o profissional constatou que Gustavo iria ter  2,15m, o loiro disse para a mãe que não queria ser gigante. Sandra contou que nunca ficou sabendo que Gustavo tenha sofrido algum tipo de bulling, mas detalhou que ele ficou muito assustado quando ouviu o que o médico disse, assim como ela. 

Publicidade

O bacharel em Direito fez atendimento com uma psicologa, que disse que isso poderia até ser bom para ele já que ele jogava vôlei, mas ele e a mãe acharam melhor tomar hormônios para impedir que crescesse tanto.

Publicidade

Sandra afirmou que toda a família concordou com a decisão dele. Gustavo teria dito que se crescesse até 1,95m já estava bom, a bancária contou que o herdeiro recorreu aos medicamentos durante um ano e parou onde desejava.

Publicidade

Na casa mais vigiada do Brasil, o brother disse que já pensou em como seria a sua vida caso não tivesse optado por fazer o tratamento. A mãe contou que isso se deve ao fato que ele poderia estar jogando ao lado do irmão se tivesse crescido mais. Para ela, isso é algo natural, já que toda decisão tem alguma consequência.

Publicidade