in

William Bonner interrompe o Jornal Nacional e pede desculpas ao vivo: ‘foi um erro’

Âncora do JN pediu desculpas por imagem exibida no telejornal no dia 25 de fevereiro.

Reprodução: Globo

William Bonner chamou a atenção no Jornal Nacional ao pedir desculpas para os telespectadores por algo que foi noticiado no telejornal mais assistido da TV brasileira. Bonner deu detalhes do que foi exibido pelo JN e assumiu que houve um erro.

Publicidade

No dia 25 de fevereiro, quando começou a invasão da Ucrânia pela Rússia, o Jornal Nacional repercutiu uma imagem que chamou a atenção do mundo: um tanque muda de direção e passa por cima de um carro que vem no sentido contrário. 

O jornalista afirmou que na escalada de manchetes do Jornal Nacional naquele dia, a cena foi descrita como a do ataque de um tanque russo a um carro de um cidadão ucraniano. O problema é que essa afirmação não tem base sólida, de acordo com Bonner. “Foi um erro”, afirmou.

Publicidade

Segundo o âncora do JN, as imagens são inconclusivas e não há como afirmar se o tanque é guiado por russos ou ucranianos e qual a intenção no ato. Por fim, Bonner disse ser preciso fazer esse esclarecimento, mesmo que tardio, já que se passou quase um mês.

Publicidade

Bonner pede desculpas ao vivo no Jornal Nacional

William Bonner interrompeu o Jornal Nacional para pedir desculpas ao vivo. O texto lido pelo jornalista termina dizendo que o telejornal estará ainda mais atento com o que vai ao ar. “é preciso fazer esse esclarecimento ainda que tardio com o nosso pedido sincero de desculpas”, disse Bonner, que chamou o trabalho da equipe que faz a cobertura da guerra de difícil. Pedidos de desculpas são comuns no jornalismo profissional quando alguma informação errada vai ao ar.

Publicidade

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!