in

Passado desconhecido de Sandra Annenberg vem à tona e profissão jamais imaginada pelo público é descoberta

A jornalista começou a dar os seus primeiros passos na TV em outros tipos de projetos.

Blog do Amaury Jr./Divulgação | Globo/Divulgação

A jornalista Sandra Annenberg se prepara para novos ares em sua vitoriosa carreira na televisão brasileira. Recentemente, a famosa deixou o cargo de âncora e de diretora executiva do Jornal Hoje, a fim de ser colocada na apresentação do Globo Repórter. Paralelamente, comandava o Como Será?, transmitido aos sábados, o qual teve a produção de novos quadros suspensa em 2019 e descontinuada do ar em 2022. Agora, entra na mira da Band como reforço para a grade de programação.

Publicidade

Sandra Annenberg e um passado que poucos conhecem

Quem vê o ar de seriedade da jornalista à frente dos principais programas jornalísticos do país pode não conhecer o passado voltado ao entretenimento. Embora tenha iniciado na Rede Globo como repórter, recebeu convites posteriores para trabalhar em atrações como ‘Bronco’, que foi ao ar entre 1987 e 1990, tendo como grande estrela o comediante Ronald Golias. Na ocasião, Sandra deu vida à personagem Julinha, logo na primeira temporada.

Em seguida, a jornalista participou da minissérie ‘Chapadão do Bugre’, que foi ao ar pela Band no ano de 1988, contracenando com Edson Celulari. O destaque rendeu novo convite, desta vez por Tarcísio Meira, para um novo e exclusivo projeto na Globo.

Publicidade

O ano era 1988, oportunidade na qual Sandra Annenberg, a convite pessoal de Tarcício Meira, que perdeu a vida em 2021 pela Covid-19, atuou na peça ‘Um Dia Muito Especial’. Depois, veio o projeto ‘Tarcísio & Glória’, estrelado pelo ator e por sua esposa, Glória Menezes. Neste trabalho, a apresentadora interpretou a filha de Bruno Lazzarini, sendo personagem vivido pelo próprio galã.

Publicidade

Publicidade

Em 1989, por sua vez, veio a estreia de Sandra Annenberg nas novelas. Primeiramente, deu vida à abolicionista Celeste, em ‘Pacto de Sangue’. Na sequência, compôs elenco na minissérie ‘República’, também pela emissora carioca, atém estrelar em ‘Cortina de Ferro’, de Walcyr Carrasco e que foi ao ar pelo SBT entre 1989 e 1990, vivendo a protagonista.

Vale lembrar que o último trabalho de Sandra Annenberg como atriz foi ‘A, E, I, O… Urca’, uma minissérie escrita por Antônio Calmon e Doc Comparato, exibida na Globo em 1990. Depois, migrou para a comunicação social, até se consolidar no jornalismo.

Publicidade

Escrito por Henrique Furtado

Henrique Furtado é um redator com vasta experiência no jornalismo online. Solidificou sua carreira com coberturas marcantes sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo ao longo da última década. Suas especialidades englobam desde os bastidores da política, versando por esportes, atualidades e, claro, tudo o que acontece no mundo dos famosos. Está sempre ligado para entregar, em primeira mão, as últimas novidades para os seus leitores, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Contato: henriquefurtado.jornalista@gmail.com