in

Mãe de Natália expõe preocupação com a filha e diz que vitiligo piorou devido ao estresse: ‘Está com novas marcas’

Daniela Rocha falou sobre como foi a descoberta da doença ainda na infância da filha.

METRÓPOLES | REPRODUÇÃO

Natália Deodato é a primeira participante com vitiligo a entrar no Big Brother Brasil. Portanto, quem vê a modelo esbanjando confiança, não sabe o que ela passou durante sua infância, de acordo com o site Metrópoles, Daniela Rocha, mãe de Natália, contou que a filha foi diagnosticada com a doença aos 9 anos de idade.

Publicidade

Segundo Daniela, aos 11 anos, Natália já possuía boa parte do corpo tomada pela doença. A mãe da modelo contou que, a princípio, a filha ficou bastante abalada e com a autoestima comprometida. Porém, aos 13 anos de idade passou a se mostrar mais confiante em relação à sua aparência. O sonho da designer de unhas sempre foi aparecer na TV.

A mãe da sister contou que foi contra a ideia inicialmente, por temer que a filha sofresse preconceito. Porém, acabou mudando de opinião e apoiando a filha a realizar seu sonho. Portanto, algo vem preocupando Daniela. Segundo ela, as marcas que a filha possui em razão do vitiligo estariam aumentando.

Publicidade

Ela está com novas marcas. Acho que o estresse e a pressão do BBB pioraram o quadro dela“, desabafou a mãe da sister. Ainda segundo o site Metrópoles, a presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia do DF, Rosa Matos, explicou que ainda não se sabe qual a real causa do vitiligo, mas que acreditam que a doença seja autoimune.

Publicidade

A médica disse, ainda, que o vitiligo pode ser ocasionado por fatores hereditários ou traumas emocionais, portanto, é possível que as manchas aumentem devido a um maior quadro de estresse. A doença estimula a destruição das células de pigmento da pele.

Publicidade
Publicidade