in

Esposa de Renato Kalil teria deixado carta de despedida ao marido; médico se manifesta e expõe discussão

Em depoimento à polícia, o médico ginecologista revelou que a esposa passava por acompanhamento psiquiátrico.

CONTIGO | REPRODUÇÃO

Renato Kalil prestou depoimento à polícia logo após a morte da esposa, a nutricionista Ilana Kalil. O caso foi registrado na 89ª DP de São Paulo, onde o médico contou sua versão sobre os acontecimentos. De acordo com o site UOL, Kalil afirmou que Ilana passava por acompanhamento psiquiátrico e se mostrava irritada com frequência.

Publicidade

A princípio, o caso foi registrado como suicídio com uso de arma de fogo, mas a polícia segue realizando perícias no local e nos envolvidos para sanar todas as dúvidas. Renato Kalil confessou que ele e a esposa enfrentavam problemas pessoais, e que haviam se desentendido no último domingo (13).

A polícia investiga se outras pessoas possam estar envolvidas no caso, inclusive o médico, que passou por exames residuográficos. O ginecologista também falou sobre uma das últimas postagens de Ilana no Instagram, onde a nutricionista afirma estar sendo censurada. Segundo Renato, a esposa estava irritada por ter que deletar sua conta na rede social por questões pessoais.

Publicidade

Sobre o dia da morte de Ilana, Kalil contou que, no início da madrugada, a esposa desceu até o primeiro andar da casa por não estar conseguindo dormir. Horas depois, o médico teria ouvido um disparo de arma de fogo. Ainda segundo ele, Ilana teria enviado mensagens de despedida, além de ter deixado uma carta.

Publicidade

Polêmica na carreira

Recentemente, Renato Kalil esteve envolvido em um escândalo ao ser acusado de violência obstétrica durante o parto da influencer Shantal Verdelho. A jovem acusou o profissional de ter proferido xingamentos durante o procedimento, além de ter sido exposta pelo médico. O caso segue sendo investigado pela polícia.

Publicidade
Publicidade