in

Aliados de Bolsonaro tomam atitude contra Danilo Gentili e Fábio Porchat por filme polêmico

Deputada e secretário aliado a Jair Bolsonaro têm atitudes contra Fábio Porchat e Danilo Gentili por filme.

Reprodução/Metrópoles/EVARISTO SA / AFP

Danilo Gentili e Fábio Porchat se tornaram notícia nos últimos dias por conta de um filme polêmico disponibilizado no catálogo da Netflix. O longa Como se Tornar o Pior Aluno da Escola tem uma cena que está sendo criticada pelos internautas. Aliados do presidente Jair Bolsonaro tomam atitude contra o conteúdo.

Publicidade

A cena em questão mostra o personagem de Porchat ameaçando dois alunos e como chantagem pede para que eles o toquem nas partes íntimas. Devido a isso, tanto ele quanto Gentili estão sendo acusados de apologia à pedofilia.

Aliados de Bolsonaro falam de Danilo Gentili e Fábio Porchat

A deputada Carla Zambelli (União-SP), aliada do presidente da República, disse que tomará as medidas necessárias para retirar o filme do catálogo da plataforma de streaming. De acordo com ela, esse filme naturaliza a pedofilia e que fará denúncia junto ao Ministério Público.

Publicidade

O secretário especial da Cultura, Mário Frias, afirmou que o filme é afrontoso contra as famílias e contra as crianças que usar a pedofilia como forma de humor é uma atitude repugnante.

Publicidade

“A explícita apologia ao abuso sexual infantil protagonizada pelo Fábio Porchat no filme em cartaz na Netflix é uma afronta às famílias e às nossas crianças”, escreveu o ex-ator da TV Globo que você pode conferir logo abaixo. Em outro trecho ele criticou veemente a tentativa de usar um crime como forma de humor, taxando essa atitude como asquerosa e repugnante.

Publicidade

Danilo Gentili e Fábio Porchat se manifestam sobre filme

Os apresentadores e humoristas se manifestaram sobre o assunto polêmico. Gentili publicou em seu Twitter que ele é a única celebridade do país no humor que conseguiu incomodar tanto petistas quanto bolsonaristas. Já Porchat falou sobre outros personagens do cinema e da televisão que tem cenas que retratam crimes e que isso não significa fazer apologia.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .