in

Gusttavo Lima aceita teste de DNA e abre o jogo sobre suposta paternidade de adolescente: ‘Eu acho impossível’

O cantor comentou sobre o assunto em entrevista para o colunista Leo Dias e destacou as contradições gigantescas da história.

REPRODUÇÃO/ INSTAGRAM

Para o cantor Gusttavo Lima, é impossível que ele seja realmente o pai da filha adolescente da farmacêutica Eloá Soares, que recentemente acusou o sertanejo de não ter assumido a paternidade da menina de 16 anos, que seria fruto do relacionamento entre ela e o artista em 2004.

Publicidade

Mesmo assim, Gusttavo Lima está disposto a se submeter ao teste de DNA, que é pedido por Eloá na Justiça. Em conversa com o colunista Leo Dias do Metrópoles, o ex-marido de Andressa Suita disse que as informações da farmacêutica são contraditórias e ainda aproveita para ressaltar não entender como faria um filho se na época em questão ele tinha apenas 15 anos.

Não tem como”, afirmou o sertanejo, destacando que até é possível ser pai com 15 anos, “mas as contradições são gigantescas”. Gusttavo Lima conta que em 2004 ainda morava com seus pais, era muito simples e nunca tinha saído de casa. Segundo o artista, ele foi à Franca, em São Paulo, pela primeira vez em 2009 ou 2010.

Publicidade

Gusttavo diz que até o ano de 2009 ele não foi a qualquer cidade nem para participar de festivais, nem para aulas de música. Para o Embaixador, a maior prejudicada com a repercussão de toda essa história é a adolescente e não Eloá. Gusttavo Lima diz ter a certeza de que a jovem deve estar sofrendo muito com toda essa exposição e, por fim, destaca que fará um exame de DNA. “Mas eu acho impossível”, concluiu o cantor, destacando que ao seu ver toda essa história “não tem nexo”.

Publicidade

Gusttavo Lima já é pai de dois meninos, fruto do seu casamento com a modelo e influenciadora digital Andressa Suita.

Publicidade

Publicidade