in

BBB22: Vyni chora no quarto, Eliezer se aproveita e faz pedido que causa revolta

Pedido feito por Eli a Vyni no quarto lollipop chamou a atenção dos internautas e repercutiu.

Reprodução Globo

Vinicius foi indicado ao oitavo paredão do BBB22. Depois da confirmação do paredão com ele, Gustavo e Pedro Scooby, Vyni foi para o quarto. Lá, ele desabafou e chorou. Eliezer ouviu tudo, mas tomou atitude que chamou a atenção e revoltou muitos internautas.

Publicidade

Vyni dizia que sua vida nunca era sobre ele mesmo, mas sobre as outras pessoas. Foi neste momento que Eli fez um pedido: “vamos para a cozinha que você vai fazer aquele sanduíche pra mim que só você sabe fazer”, disparou. A atitude foi mal vista pelo público.

Mas será que Vyni parou de chorar e foi fazer o sanduíche pedido por Eliezer? A resposta é sim. Instantes depois, Vyni colocou um avental e foi para a cozinha preparar o lanche pedido por Eli. Muitos internautas comentaram sobre o tema.

Publicidade

Publicidade

“Empregadinha do macho escroto”, comentou uma pessoa. “Meu Deus, Viny muito escrava do lar pra esse macho nojento”, criticou outro internauta. “Gente, votem no Vyni, vamos salvá-lo de maiores humilhações”, comentou mais um telespectador do BBB22.

Publicidade

Vyni está no paredão e corre risco de ser eliminado

Vyni está no oitavo paredão e enfrenta Gustavo e Pedro Scooby na disputa da permanência. Scooby foi indicado pelo líder Lucas. Gustavo foi colocado na berlinda por Eliezer, que ganhou este direito por ter sido vetado da última prova do líder. Gustavo teve direito ao contragolpe e puxou Vyni. Caberá ao público que vota no site oficial do BBB22 no Gshow definir quem fica e quem sai do reality show da TV Globo. Após o paredão, restarão 12 participantes na disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!