in

Rede Globo suspende fornecimento e importação de seus produtos a Rússia

A Rússia entra no ranking dos países que mais importou produtos da emissora nos últimos 10 anos.

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A Globo decidiu suspender indefinidamente o fornecimento de produtos como novelas e séries para o mercado russo após vários casos de empresas de entretenimento interrompendo negócios com a Rússia. Além disso, novas licenças para possíveis importações de produtos russos também serão suspensas. A informação é do jornal Folha de São Paulo.

Publicidade

Segundo a coluna, não há prazo definido para a retomada das operações de compra e venda de conteúdo para clientes russos. Atualmente, as novelas Por Amor, de 1997, e O Clone, de 2001, estão sendo reproduzidas na Rússia. Nas plataformas locais de streaming, além de O Clone, a Globo protagonizou a novela Avenida Brasil de 2012 e Verdades Secretas de 2015, além de Justiça de 2016 e Ilha de Ferro de 2018.

A Rússia tem sido vista como um dos principais mercados das novelas da Globo nas últimas décadas. Por exemplo, a atriz Lucélia Santos é uma das brasileiras mais famosas na Rússia e na Ucrânia, já que a novela Escrava Isaura, de 1976, ainda estava no período em que os dois países pertenciam à União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

Publicidade

Mesmo após o colapso da União Soviética, em 1991, o consumo de novelas brasileiras nas ex-repúblicas soviéticas continuou. A partir de 1994, o sucesso do Tropicaliente foi batizado de Tropikanka na Rússia e ainda impulsionou o turismo russo para o litoral cearense. Mulheres de Areia, começou em 1993 e acabou sendo exportado depois do Tropicaliente, conhecido como Tropikanka 2.

Publicidade

Além de empresas de entretenimento, marcas alimentícias multinacionais, como a Coca-Cola, McDonald’s e Starbucks suspenderam as operações na Rússia após a invasão e confronto a territórios ucranianos. 

Publicidade
Publicidade