in

Marido de Paulinha Abelha coloca hospitais contra a parede e pergunta chave fica no ar

Cantora morreu aos 43 anos após ficar 12 dias internada em dois hospitais de Aracaju.

Reprodução Record TV

Clevinho Santos, marido de Paulinha Abelha, deu entrevista à Record TV e colocou os hospitais que atenderam a cantora contra a parede. O modelo quer saber: por que sua esposa não acordou do coma? E mais do que isso: “qual sedativo foi usado?”, questionou durante o Domingo Espetacular.

Publicidade

Exame realizado após a morte da cantora apontou que havia barbitúricos em seu organismo. O remédio é usado como sedativo. A toxicologista Paula Carpes disse que, em ambiente hospitalar o barbitúrio é usado para evitar convulsões, e falou sobre o efeito do medicamento no fígado já debilitado da artista.

“Nesse quadro há uma clara intoxicação medicamentosa, já com insuficiência hepática, já com insuficiência renal, ele (barbitúrio) vai ser mais um produto tóxico”, disse Paula Carpes. O Hospital Unimed e o Hospital Primavera não responderam à Record TV sobre qual sedativo foi usado.

Publicidade

Paulinha Abelha ficou internada no Hospital Unimed entre os dias 11 e 17 de fevereiro. Do dia 17 até o dia 23, quando faleceu, ela estava sendo atendida no Primavera. O quadro era grave. A certidão de óbito da cantora (na imagem abaixo) mostrou que ela sofreu hipertensão séptica, meningocefalite, insuficiência renal aguda e hepatite.

Publicidade

Qual sedativo foi usado em Paulinha?

No Domingo Espetacular, Clevinho Santos afirmou que permite à imprensa que questione o hospital sobre o medicamento usado como sedativo em Paulinha Abelha. O marido de Paulinha tem garantido por lei o direito a ter acesso ao prontuário da paciente. Neste documento, constam todos os procedimentos realizados na cantora.

Publicidade

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!