in

Marcelo Dourado diz que não gosta de ser considerado um ‘hétero top’: ‘Nunca fiz nada disso’

Marcelo Dourado foi o grande vencedor do BBB10 e ficou marcado por suas falas polemicas.

Youtube Efeito Tsumani

O campeão do Big Brother Brasil 10 e personal trainer Marcelo Dourado, de 49 anos, até hoje ainda está colhendo os frutos que a fama lhe rendeu, sejam bons ou ruins, desde que ele deixou a casa mais vigiada do Brasil.

Publicidade

Durante entrevista para um podcast, o ex-brother disse que se arrepende de algumas falas homofóbicas que disse quando participou do reality global e contou que tem rejeitado o rótulo de ‘hétero top’ que as pessoas tem usado para se referir a ele na internet.

Marcelo disse que o número de pessoas chamando ele dessa forma tem aumentado, as vezes é engraçado e até ofensivo. Ele disse que é hétero, mas o termo hétero top faz referência a um homem que costuma andar de sapatênis, bermuda, camiseta aberta, paquerando todas as mulheres, e segundo ele: ”não fiz nada disso na minha vida!”, falou o campeão.

Publicidade

De acordo com Marcelo, ele é alguém que costuma ficar no seu canto, quando está em alguma balada, procura ficar no canto mais escuro que tiver, bebendo na companhia dos amigos ou sozinho com a sua esposa. O lutador disse que mesmo assim, está tudo bem, ele já aprendeu que não deve exigir muito das pessoas de como elas devem tratá-lo.

Publicidade

Dourado, como é popularmente conhecido, também já havia feito parte do elenco do Big Brother em 2004, e retornou ao jogo seis anos depois, na entrevista, ele relembrou a discussão que teve com Dicésar. Na época, o colega afirmou que o mundo era gay, e o lutador fez um discurso sobre ter orgulho de ser hétero. Hoje, ele afirma que se arrependeu do que disse há doze anos, e que o caminho não deve ser a repressão.

Publicidade
Publicidade