in

Paulinha Abelha dava sinais de que sua vida não estava bem, dias antes de falecer; empresário notou tudo

O empresário revelou que o comportamento da cantora estava diferente e que ela estava muito irritada.

Foto: Divulgação/ Revista Quem

Nesta sexta-feira (04/03), o empresário de Paulinha Abelha concedeu uma entrevista exclusiva à Revista Quem para falar sobre os resultados dos exames que foram feitos para tentar descobrir a causa da morte de cantora. No entanto, o empresário disse que houve um atraso e o laboratório ainda não entregou os resultados.

Publicidade

Segundo Diassis, a artista fez os exames quando estava internada no hospital, mas, infelizmente, não ficaram prontos antes de seu falecimento. O empresário disse que a partir dos exames, a equipe médica que estava cuidando da cantora pode chegar em uma conclusão definitiva do que piorou o quadro de saúde dela e, consequentemente, descobrir a causa de seu falecimento.

Paulinha deu entrada no hospital sentindo mal-estar e vomitando. A cantora achava que tinha sido algum alimento que havia ingerido que teria causado esse mal-estar. Contudo, os médicos constataram que a cantora estava com insuficiência renal, que posteriormente provocou os problemas hepático e neurológico.

Publicidade

O empresário disse que a família e os amigos de Paulinha querem saber o real motivo do falecimento da cantora. “Temos esperança de que os resultados dos exames possam mostrar o que realmente aconteceu para que fiquemos mais tranquilos”, desabafou Diassis.

Publicidade

Empresário diz ter notado mudança de comportamento da cantora: ‘ela nunca reclamava de nada’

Publicidade

Na entrevista, o empresário revelou que achou que ela estava muito diferente. De acordo com Diassis, a banda Calcinha Preta se apresentou dia 11 de fevereiro em São Paulo e que Paulinha estava estranha, agitada e muito irritada. O empresário disse que achou muito estranho o comportamento da artista, pois ela sempre foi muito alegre, tranquila e muito paciente.

Ele ainda disse que antes de se apresentar no dia 11, Paulinha reclamou que estava muito cansada e esgotada. “Ela me chamou e disse que estava cansada porque a banda ainda não tinha entrado no palco, e ela não era de fazer aquilo. Ela nunca reclamava de nada: de hotel, de viagem, nada!”, disse Diassis.

O empresário afirmou que sabia que tinha algo de errado com ela, porque em 4 anos acompanhando a banda, a cantora nunca havia reclamado de nada. Após o falecimento de Paulinha, os integrantes afirmam que até a irritação dela era leve, pois, provavelmente ela estava sentindo muita dor.

Publicidade